BEM VINDO




10 de set de 2010

PROJETO: Jogos e Brincadeiras

PROJETO: Jogos e Brincadeiras



  
Público alvo: Alunos na faixa etária de 3/4 anos
Duração: 4 meses.
Autoria: Andréia Cecília Nascimento Mello
Justificativa: O projeto Jogos e brincadeiras visa trabalhar de uma forma lúdica e de vivência, estimulando o Raciocínio Lógico, a criatividade, auxiliando as crianças no processo de construção do conhecimento.
O desenvolvimento deste projeto pode potencializar essas capacidades, ampliando as possibilidades das crianças de compreenderem e transformarem a realidade.
Tendo em vista que, o jogo não pode ser visto apenas como divertimento ou brincadeira para desgastar energia, pois ele favorece os desenvolvimentos físicos, cognitivos, afetivos e principalmente a interação e o respeito pelos amigos.
"O professor não ensina, mas arranja modos de a própria criança descobrir".(Jean Piaget)
Objetivo Geral:
• Proporcionar as crianças a oportunidades de ampliar seus conhecimentos através de atividades lúdicas interativas e de vivência.
Objetivos Específicos: Desenvolver nas crianças as capacidades e oportunidades de:

  • Praticar,

  • escolher,

  • preservar,

  • imitar,

  • imaginar,

  • dominar,

  • adquirir competência; 

  • confiança e autonomia;

Adquirir novos conhecimentos, habilidades pensamentos lógicos;
Criar, observar, experimentar, movimentar-se, cooperar, sentir, pensar, memorizar e lembrar;
Comunicar, questionar, interagir com os outros e ser parte de uma experiência social mais ampla em que a flexibilidade, a tolerância e a autodisciplina são vitais;
Conhecer e valorizar a si mesmo e as próprias forças, e entender as limitações pessoais;
Ser ativo dentro de um ambiente seguro que encoraje e consolide o desenvolvimento de normas e valores sociais.
Promover a socialização e o respeito mútuo entre as crianças.
Reforçar a importância do brincar. Conteúdos (Opções de Jogos)

  • Quebra-cabeça com figuras,

  • Dominó das letras,

  • Jogo da memória com alimentos,

  • Boliche;

  • Peãozinho;

  • Produção de massinha;
Brincando com quebra-cabeça de madeira. Brincadeiras dirigidas com regras simples:

  • Cobra-cega;

  • Andar de trem;

  • Corre cotia;

  • Batata quente

  • Põe a mão na cabeça (musica da raposa);

  • Vamos passear (jogo simbólico);

  • Dança da cadeira;

  • Dança com bexigas;
Ao longo do ano devem ser trabalhadas atividades lúdicas, procurando estimular o raciocínio lógico das crianças, onde podem confeccionar vários jogos, motivando-as a interagirem com o grupo. As aulas transformam-se em brincadeiras significativas, que possibilitarão as crianças construírem e conhecerem cada vez mais a si, a seus colegas, e ao meio no qual estão inseridas.
Recursos Utilizados: Cartolina, papelão, canetinhas, tinta guache, cola, farinha de trigo, palitos de sorvete, revistas, folhetos de supermercados entre outros.
Sugestões de Jogos:


1)- Quebra-cabeça com figuras
Objetivo: Estimular a atenção, concentração e a capacidade de análise e síntese visual. Procedimentos: Selecionar figuras, que as crianças achem interessantes na revista recortá-las, colá-las em uma cartolina ou papel cartão, em seguida determinar as formas como serão divididas e recortadas em alguns pedaços. Em seguida a proposta é brincar de montar novamente as figuras encaixando as peças no lugar certo.
2)- Dominó dos números e quantidades
Objetivo: Familiarizar as crianças com os números e suas respectivas quantidades, promovendo a discriminação e a comparação das diferenças; Desenvolver a concentração.
Procedimentos: O jogo foi confeccionado com caixas de pasta de dente, no total 27 peças por jogo de dominó, as peças foram compostas de números e quantidade, no momento do jogo as crianças observaram e encaixaram cada número próximo a sua quantidade. Todas as peças devem ser jogadas até que o dominó esteja exposto por completo para visualizarmos no chão.
3)- Jogo da memória com frutas,
Objetivo: Desenvolver o raciocínio lógico, atenção, concentração, a memorização e principalmente a capacidade de observação. Procedimento: Recortar quadrados no tamanho 15X15 no papelão, onde devem ser desenhadas algumas frutas, escolhidas pelas crianças. As figuras devem ser confeccionadas em pares. Além de desenhar e pintar o material é muito divertido de brincar.
4)- Boliche Objetivo: Desenvolver noções de quantidade e seqüência numérica.
Procedimento: Confeccionar um boliche com 12 garrafas pet, contendo a seqüência numérica de 1 a 12. Ao apresentar o jogo os alunos irão se familiarizar com os numerais e em seguida, ao jogar, devem ser incentivados a contagem do numero de garrafas que foram derrubadas.
5)- Piãozinho;
Objetivo: Desenvolver a concentração e a coordenação motora. Procedimento: Fazer canudinhos com revista, depois enrolá-los no palito de churrasco, colando-o próximo ao lado pontiagudo. Sugestões de brincadeiras:

 6)- Cobra-cega
Objetivo: Estimular o desenvolvimento da percepção tátil. Procedimento: Todas as crianças deverão sentar-se na roda, uma delas será escolhida para ser a cobra-cega, esta terá os olhos vendados, ficando no centro da roda ao comando da educadora começara andar até chegar em uma criança passando as mãos em seu roto, cabelo e em seguida tentar identificá-la, esta dará continuidade ao jogo.
7)- Andar de trem;

Objetivo: Contribuir para a socialização e a integração das crianças enquanto brincam. Contribuir para o desenvolvimento da linguagem; Contribuir para o desenvolvimento da expressão corporal. Procedimento: As crianças deverão andar com as mão no ombro do amigo, em forma de trem cantando a música e realizando os gestos propostos de acordo com a música: "Eu vou andar de trem".
8)- Corre cotia;
Objetivo: Desenvolver a praxia global (coordenação motora) e agilidade corporal. Procedimento: As crianças sentarão em uma roda e cantarão a música "Corre cotia", uma será o comandante e outras respondentes, o comandante terá nas mãos um lenço e colocará (na ultima frase), atrás de uma criança. Essa criança deverá pegar o lenço e correr para pegar a que colocou esta deverá se sentar rapidamente no local da outra, e assim sucessivamente.
9)- Batata quente
Objetivos: Contribuir para a socialização das crianças; Desenvolver a atenção e a agilidade enquanto brincam. Material: Uma bola, ou algo para ser a batata quente. Procedimento: As crianças deverão permanecer sentadas no circulo, voltadas para o centro. Uma delas escolhida por sorteio começa a brincadeira sentada de costa para o grupo e cantando "batata-quente, quente,.....queimou". A criança que estiver com o objeto na mão neste momento deverá continuar cantando.
10)- Põe a mão na cabeça (musica da raposa)
Objetivo: Contribuir para o desenvolvimento corporal identificando as partes do corpo; Contribuir para a socialização das crianças e para o desenvolvimento da linguagem enquanto cantam a música. Procedimento: Ao cantarmos a música da raposa às crianças deverão repetir os gestos mostrando as partes do corpo nela referidas.
11)- Vamos passear (jogo simbólico).
Objetivo: Desenvolver da imaginação e da fantasia, assimilação da realidade ao "eu". Procedimento: Através do "faz de conta", estimularemos as com algumas brincadeiras utilizando os materiais da sala. Pois na sua imaginação ela pode modificar sua vontade, usando o "faz de conta", ainda mais quando expressa corporalmente as atividades. Faremos de conta que estamos em uma floresta, e daremos inicio ao nosso passeio por esta aventura que imaginaremos juntos.
12)- Produção de massinha;
Objetivo: Desenvolver a criatividade e a coordenação motora. Procedimento: Fazer a massinha com farinha de trigo, demonstrando todas as etapas para as crianças, em seguida dividir entre elas a massinha, pedindo-lhes que façam uma escultura para que possamos deixar secando para expormos no dia da apresentação do projeto.
Avaliação: O brincar é de suma importância no desenvolvimento infantil por este motivo é importante desenvolver um projeto focado em jogos e brincadeiras. Em todas as aulas as crianças devem ser convidadas a sentarem-se na roda de conversa, onde se discute sobre os mais variados assuntos (final de semana, meu brinquedo favorito, minha família, os combinados, a chamada entre outros); em seqüência apresenta-se à proposta, falando sobre o projeto e a atividade a ser trabalhada no dia vigente. Todos devem saber o tema do projeto e o que este significa, todos devem ter acesso aos diversos tipos de jogos e brincadeiras, tanto livres como de regras simples, promovendo assim o desenvolvimento do raciocínio lógico de todo o grupo, respeitando a etapa desenvolvimento individual de cada criança.
Referência Bibliográfica:
Mattos, Elizete de Lourdes - Brincando e aprendendo -Brincadeiras de roda; Atividades lúdicas para alfabetizar.
Brandão, Heliana - O livro dos jogos e das brincadeiras para todas idades - Ed. Leitura.
Revista nova escola - ano XXI nº 18 dezembro 2006 ed. Abril.

Nenhum comentário:

Postar um comentário