BEM VINDO




23 de set de 2010





Pensamento Infantil: Os fenômenos naturais


A matéria "Pensamento Infantil: Os fenômenos naturais", da revista Nova Escola, mostra a importância de se trabalhar a ciência desde a Educação Infantil. Claro que na medida certa para a fase de desenvolvimento em que a criança se encontra:

"Revirando a memória, todos nós recordamos de ambientes, passagens e sensações da infância. Mas você saberia dizer como costumava explicar a alternância entre o Sol e a Lua no céu?


A criança tem uma maneira muito peculiar de entender o mundo e, à medida que cresce, se desenvolve, tem acesso a novas informações e experiências e esquece seu antigo modo de pensar.


(…) Com a aquisição da linguagem, a criança entra no território do simbólico: uma palavra, uma expressão corporal ou um desenho representam um objeto ou conceito e, com base na associação de alguns deles, cria-se uma ideia.




Com esses recursos, ela pensa sobre tudo o que vê, ouve e sente. Nesse contexto, entram em cena os famosos "por quês?". O fato, porém, é que os pequenos se põem muito mais questões do que expressam e as resolvem formulando teorias. Para isso, lançam mão de um repertório de informações e da observação dos fenômenos, relacionando-os de maneira muito particular.



Outras lógicas frequentes nas explicações infantis são o animismo e o artificialismo. Pela primeira, atribuem-se características e ações humanas aos mais diversos elementos da realidade ("O Sol vai dormir. Por isso, fica noite!"). De acordo com o segundo, entende-se que todos os fenômenos podem ser explicados por um processo de fabricação artesanal ("As montanhas se formam porque os homens colocam terra em cima"). Wallon define o pensamento infantil como sincrético, uma espécie de nuvem de elementos que vão se combinando para criar sentidos (…)



É preciso ainda levar em conta que a criança constrói formulações de acordo com suas possibilidades cognitivas. Os conhecimentos científicos – complexos e abstratos que requerem um raciocínio hipotético-dedutivo – ainda são inacessíveis aos pequenos. Mas é na Educação Infantil que eles começam um percurso de aprendizagem e desenvolvimento que os tornará capazes de operá-los melhor. (leia a matéria completa…)


Às vezes as professoras de classes de Educação Infantil me convidavam para participar das rodas de conversa dos projetos que tinham o tema ligado a Ciências. Esse vídeo me deixou com saudade daquelas conversas. Era delicioso acompanhar as explicações, procurar a pergunta certa para fazer depois da explicação ter sido dada e ouvir uma nova explicação, ou a mesma caso o questionamento não fosse bom o suficiente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário