BEM VINDO




29 de set de 2010

Filmes para o Vestibular 2011.1 da Uesb



O próximo vestibular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) já tem data marcada: 19, 20 e 21 de dezembro. Como de costume e fazendo parte do conteúdo que é cobrado, a instituição acaba de divulgar os filmes que serão trabalhados nesse processo seletivo. O objetivo é fazer com quem o candidato desenvolva sua sensibilidade e capacidade de interpretação.


Confira as produções cinematográficas escolhidas: Linha de Passe, de Walter Salles, Pro Dia Nascer Feliz, de autoria de João Jardim, além de A Onda, de Dennis Gansel.


O ano letivo para os novos universitários acaba de ter início, mas para outros tantos estudantes, o desejo de ingressar no Ensino Superior permanece, e se renova a cada nova chance de concorrer às vagas disponibilizadas nos processos seletivos da Uesb. Para os mais atentos e dedicados, a preparação para maratona de provas já começou, mas ela ultrapassa os conteúdos impressos em livro, dando espaço também para a sétima arte!


Além de todo o conhecimento absorvido acerca das línguas estrangeiras, matemática, português, biologia e demais disciplinas, os candidatos precisam de sensibilidade e capacidade de interpretação, pois também serão exigidas para sua aprovação questões relacionadas a produções cinematográficas. A Comissão Permanente de Vestibular (Copeve) acaba de divulgar a relação dos filmes para o Processo Seletivo 2011.1 da Uesb.


Linha de Passe. O filme de Walter Salles conta a história dos jovens Reginaldo, Dario, Dinho e Dênis. Quatro jovens com aspirações diferentes, filhos de uma empregada doméstica, mais uma vez grávida de pai desconhecido. Personagens que vêm de um mesmo meio, mas que lidam com transformações, ambições e carências diferentes.


Já o contexto escolar do adolescente brasileiro, rico ou pobre, menino ou menina, é o que mostra Pro dia nascer feliz, filme de João Jardim. Os projetos, indagações e motivações dessa fase importante de formação, além do cotidiano profissional de professores, expõem o complexo quadro de desigualdade e violência a partir do contexto escolar. O filme foi premiado em 2006, pelo Festival de Gramado.


Baseado em fatos reais, A Onda, filme de Dennis Gansel, nasce a partir de um professor do Ensino Médio que decide ensinar, por meio de um experimento, os mecanismos do fascismo e do poder. O movimento ganha um líder, um lema e um nome: “A Onda”. Como consequência, o poder da unidade torna o experimento mais sério, e uma verdadeira ameaça a todos, mas já é tarde demais para que possam interrompê-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário