BEM VINDO




10 de set de 2010

4 Fundamentos para Introdução à Matemática

4 Fundamentos para Introdução à Matemática


Além de boas intenções será preciso algo mais...

Para tornar a matemática uma matéria mais agradável às crianças, ao invés de um martírio, os pais precisam entender os princípios da matemática fundamental, e conseguir criar atividades, jogos, ou descobrir softwares criativos que reforçem estes princípios.

A matemática vista na escola, normalmente passa para as crianças, a falsa idéia de que a matéria é dirigida apenas para a solução de problemas complexos, ou para soluções de problemas que em nada estão relacionados com a nossa vida diária, e isso acaba por criar nos alunos aquela impressão de não saber para que serve a matéria. Será que é por isso que se tornou uma disciplina tão indesejável entre a maioria?

Entretanto, um bom software voltado à matemática fundamental, assim como os jogos matemáticos que podem ser criados com o auxílio do seu computador, ou ainda programas simples de desenho e pintura, podem ser excelentes auxiliares, para nos ajudar a aplicar a matéria em situações comuns do nosso dia a dia. Assim, as crianças, desde cedo, verão com naturalidade como ela está presente em quase todas as ocorrências do vida real, quer dizer, como ela é necessária e faz parte do nosso dia a dia.


1. Senso Numérico

Os pais precisam encorajar as crianças a juntar, separar, e comparar objetos em conjuntos, muito antes deles terem contato com os conceitos abstratos de como fazer isto numericamente. Contagem não é a mesma coisa que senso numérico - muitas crianças são capazes de contar corretamente antes mesmo de terem noções do significado dos números de 1 a 10.

Você pode criar um divertido jogo de "senso numérico" usando desenhos feitos em um programa simples de desenho, o Paint que vem com o Windows por exemplo.

As figuras dever ser classificadas em grupos de objetos - tais como, veículos de vários tipos, zoológico, animais selvagens e domésticos. Faça as ilustrações do maior tamanho que puder e imprima-os se possível em papel cartonado - se não tiver o papel, pode colar o papel comum sobre papelão. Se não tiver impressora colorida, pode-se colorir com qualquer outro meio, até com lápis de cores, ou aquarelados, e então corte as figuras em quadrados.

Usando recipientes diversos, tais como, caixas de sapato, embalagens de ovos, casinha da boneca, elabore histórias onde a criança tenha de classificar e combinar os objetos.

Proponha que ela coloque na casinha de boneca, por exemplo, todos os animais que vivem com as pessoas, e coloque os outros na caixa de sapato (o zoológico). Ou deixe que ela faça sugestões para novos conjuntos - todos que tenham a cor verde, aqueles que andam mais rápido, ou aqueles que ela mais gosta, etc.

Após classificar os objetos por grupos, faça-lhe perguntas sobre a quantidade em cada conjunto e use isso como base para comparação (qual deles tem mais animais quando nós arranjamos desse modo, a casa ou o zoológico?), etc.

2 - Padrões e Relacionamentos

A matemática é o estudo dos padrões e das regras que explicam tudo que é regular no mundo físico.

Padrões podem ser simples (como dia e noite) ou mais complexos (como os componentes do DNA animal).

Ao ajudar a criança no reconhecimento de padrões e relacionamentos, você estará dando a ela a base inicial para desenvolver sua capacidade de solucionar problemas, entender sequências lógicas, e entendimento dos padrões numéricos, tais como da base decimal.

Use os conjuntos de figuras da atividade 1 para ensinar padrões simples.

Organize um padrão alternativo simples - como, um carro, caminhão, carro, caminhão; ou animais de casa, animais do zoológico, animais de casa, animais do zoológico - e deixe a criança completar escolhendo o que virá em seguida.

Ou escolha associar um som ou movimento para cada tipo de item no padrão (carro = estalo de dedos; caminhão = batida com o pé). Espalhe as figuras no chão ou outra superfície e, a medida que seus dedos caminham sobre as figuras, encoraje-o a produzir o som ou a ação associada.

3 - Geometria e Raciocínio Espacial

Geometria é tudo sobre as propriedades e relacionamentos de formas planas e tridimensionais. Ela ensina a criança como fazer a marcação de um campo de futebol no quintal, construir uma ponte de blocos de madeira, ou pintar uma paisagem com as proporções do aspecto natural.

Com um programa de desenho, crie um triângulo equilátero (todos os lados iguais) e faça várias cópias do mesmo. Crie também outras formas, tais como, hexágonos, rombóides (quadrilátero em forma de diamante), e trapezóides. Faça o mesmo com quadrados de lados iguais e retângulos.

Imprima tudo em papel cartonado, - pode-se cobrir as figuras com papel colorido ou pintar com lápis de cera, etc - e corte as formas para criar (literalmente) os blocos de construir para este jogo.

Agora use estes blocos para construir formas simétricas, combine as pequenas peças para construir objetos maiores, ou preencha um grande quadrado ou retângulo com a maior quantidade de pequenas peças que conseguir.

Discuta com a criança o que está acontecendo quando as formas são combinadas, (mostre a ela como um quadrado ou um retângulo são formados por dois triângulos) e compare os componentes de cada forma (altura, largura, ângulos) e como eles fazem aquela forma geométrica ser única.

4 - Resolução de Problemas

O Pensamento lógico é essencial para a resolução de problemas. Isto envolve pensamento sequencial, criação de soluções alternativas, e previsão de resultados.

Os Quebra-cabeças "Tangram" exigem paciência e planejamento e são mais adequados para as crianças maiores de três anos.

Eles são diferentes dos jogos de geometria simples e raciocínio espacial, porque eles convidam a criança a colocar formas diferentes juntas do modo que ela imaginar, e ainda assim, como estão livres para criar, todas as composições resultantes estarão corretas.

Use seu programa de desenho e pintura para dividir um grande quadrado em várias partes, e fazer seu próprio Quebra-cabeças Tangram. Veja modelo da figura.

Veja também nosso CD Lógica e Criatividade para conseguir um bom programa de Tangran.

Você pode colorir as peças com a aplicação de papel colorido, lápis de cera, ou na própria impressora se for colorida. Corte em seguida todos os pedaços conforme indicado na figura.

As regras do jogo Tangram são simples: Use todas as peças para formar figuras, e todas as peças devem ser planas e com encaixe, uma nas outras, perfeito.

Agora determine os objetivos do jogo. Faça um padrão que a criança deve copiar, ou dê nomes a figura, tais como, casa, pessoa, carro, ou pássaro, e mande-a então usar as peças para construí-las. Melhor ainda, desafie a criança (e você também) a reconstruir o quadrado original.



Referências adicionais: Family PC Magazine

Nenhum comentário:

Postar um comentário