BEM VINDO




28 de ago de 2010

Evolução no Desenho

Evolução no Desenho


Há uma sequência constante de comportamentos motores que revelam o nível de desenvolvimento gráfico das crianças.



1 - REALISMO FORTUITO (2-3 anos)



O desenho é pura descarga motora, não há interesse em atribuir-lhe um significado. É executado com movimentos rápidos e linhas retas em diferentes direções. É o que se chama de RABISCAÇAO.



Mais tarde, a criança inicia o emprego de linhas curvas, podendo elaborar círculos. Esta etapa é denominada de desenho celular. A criança pode atribuir diferentes significados a um mesmo rabisco, alterando sua resposta a cada pergunta sobre o que desenhou.



2 - REALISMO GORADO (3-4 anos)



A descarga motora está mais controlada e já há uma comunicação gráfica. A criança inicia desenhos com ângulos. Ela tenta reproduzir algumas garatujas que lhe servem de modelo. Transforma pequenos circulos em pessoas, animais, dando-lhes olhos e membros (em geral braços). A figura humana consiste inicialmente de um girino com uma grande cabeça e apêndice em forma de fios. A célula pode ser o corpo todo ou apenas o rosto. os braços e as pernas podem ter apenas uma dimensão.



Ela desenha o que percebe. Os elementos constitutivos do desenho aparecem justapostos e não coordenados em um todo relacionado (ex. o chapéu pode ser desenhado do lado da cabeça). O desenho deixa de ser um exclusivo treino motor para começar a representar as coisas da realidade, que são em geral figuras humanas.



3 - REALISMO INTELECTUAL (4-5 anos)



Já há uma maior coordenação dos elementos constitutivos do desenho. Porém, percebe-se que os desenhos ainda não tem proporção entre si (ex. uma casa pode ser do tamanho de uma flor). Muitas vezes, já há o começo de uma diferenciação espacial (ex. o céu fica na parte superior do papel, a casa no meio).



A criança não considera a perspectiva visual. Ela desenha o que sabe.



Dessa forma, podemos ver desenhos que mostram um bebê dentro da barriga da mãe ou um cavalo de perfil desenhado com dois olhos. Essa etapa é chamada de TRANSPARÊNCIA.



Os desenhos são enriquecidos por detalhes e a quantidade de objetos desenhados. É comum o desenho de cenas estereotipadas de natureza e desenhos personificados do sol e da lua. A figura humana já é representada com todas as partes do corpo, inclusive com detalhes.



4 - REALISMO VISUAL (9 - 12 anos)



Esta fase caracteriza-se por ser mais realista. A criança desenha mais o que vê do que o que sabe. A transparência é superada e há uma maior consideração dos aspectos espaciais. Surgem os desenhos de figura humana de perfil e o uso da perspectiva, que em geral, ainda não é perfeita.



5 - TÉCNICA DO DESENHO (12 ...)



Aperfeiçoamento do desenho no seu aspecto técnico. Há uma maior utilização de recursos como a tridimensionalidade, os efeitos de luz e o sombreamento. Observa-se o aprimoramento da técnica e o desenvolvimento de um estilo próprio de desenhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário