BEM VINDO




28 de ago de 2010

EDUCAR (II)

Confesso que no silêncio de minhas caminhadas e corridas pelas ruas, avenidas e praças de São Paulo,  minha cidade natal, um dos temas mais recorrentes em minhas reflexões é o do significado do que é, na essência, educação. Há cerca de 1 ano (parece que tudo começou ontem mesmo!), envolvida com a educação de crianças, especialmente de minhas sobrinhas, ja que ainda não exerço a profissão de professora, adolescentes e jovens, sinto-me, cotidianamente, uma iniciante, melhor, uma eterna aprendiz nessa sublime e desafiadora arte de educar.

Estou convencida que educar é possibilitar a inspiração de um espírito livre e ético, capaz de vivenciar saudavelmente a vida como dom maior. Mais que ensinar conceitos, fórmulas ou memorizar datas e histórias para responder às questões dos diversos concursos vestibulares, públicos ou privados, educar é possibilitar aos alunos a construção de uma auto-estima positiva, de um caráter forte e de uma mente aberta para a criatividade e novas possibilidades. É promover o desenvolvimento de suas potencialidades em busca da auto-realização e da sua felicidade. Afinal, para tal fomos criados, ou seja, para que vivamos plenamente a nossa vida, promovendo relações saudáveis com os nossos semelhantes e com o nosso ambiente, casa de todos nós, atualmente cada vez mais sofrido e sacrificado por conta da ignorância e da insensatez humana.

Acredito que educar é possibilitar o crescimento e o desenvolvimento da pessoa de nosso aluno (sujeito único, irrepetível, insubstituível e livre) tendo em vista sua atuação no mundo como alguém responsável pela construção de relações humanas pautadas pelo respeito à dignidade humana em todas as suas dimensões e aspectos.

Educar é criar condições adequadas para a aprendizagem da utilização da intuição e da empatia para interpretar e compreender o outro e a realidade, buscando significados além da razão lógica.

Educar é muito mais do que minhas palavras conseguem, neste momento, expressar. Quem sabe, outras idéias surgirão no Educar III.

Nenhum comentário:

Postar um comentário