BEM VINDO




19 de out de 2010

Reconhecendo nomes científicos


- Reconhecer os procedimentos para se chegar a um nome científico.
- Valorizar a classificação dos seres vivos.
- Identificar os critérios para classificação.



Comentários

A classificação biológica é de suma importância, pois os seres vivos são agrupados conforme algumas características comuns, facilitando assim as relações entre os exemplares. Para se chegar a uma classificação é necessário obedecer às normas pré-estabelecidas. Os seres vivos são agrupados em categorias taxonômicas: DIVISÃO (FILO), CLASSES, ORDENS, FAMÍLIAS, GÊNERO E ESPÉCIE.


O nome científico é composto por duas palavras, sendo que a primeira se inicia com letra maiúscula, indicando o gênero. Enquanto a segunda se inicia com letra minúscula, indicando o epíteto específico. Todo nome científico deve ser escrito em latim, pelo fato de ser uma língua morta e, portanto, não sofrer alterações. Deve estar devidamente destacado do texto em itálico ou negrito, quando impresso, e grifado, quando manuscrito.


 
Material

Tiras com diferentes nomes científicos: Homo sapiens, Canis familiaris, Cannabis sativa, Coffea arabica, Dionea muscipula, Laelia purpurata, dentre outros.


 
Estratégias

1. Separar os alunos em duplas e entregar a cada dupla cinco tiras com diferentes nomes.

2. Solicitar que descubram o que as tiras têm em comum.

3. Após observarem as tiras, cada aluno deverá anotar em seu caderno suas observações.

4. O professor deverá se certificar de que os alunos identificaram que a primeira palavra se inicia com letra maiúscula (Gênero) e a segunda com letra minúscula (espécie), além de reforçar que a escrita está em latim.

5. Posteriormente, o professor entregará uma tabela, conforme o modelo abaixo, para cada aluno, explicando-a e salientando a importância de se estabelecer um padrão.


REINO

FILO

CLASSE

ORDEM

FAMÍLIA

GÊNERO

ESPÉCIE


6. Também entregará, em um envelope, a classificação de alguns seres vivos, como, por exemplo, a espécie humana, o cachorro, o macaco, uma orquídea, dentre outros.

7. Cada aluno deverá abrir seu envelope e realizar a classificação de seu ser vivo.

8. O professor deverá conferir se a classificação encontra-se correta, antes de o aluno colar a tira na tabela.

9. Solicitar que o aluno realize uma representação, utilizando, por exemplo, o desenho da espécie classificada.



Dicas

O professor poderá fornecer aos alunos espécies semelhantes, como, por exemplo, o homem e o macaco, o cão e o lobo, o gato doméstico e o tigre, a fim de que comparem quando ocorre a mudança na classificação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário