BEM VINDO




18 de abr de 2013

18 DE ABRIL- DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL


DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL

18 de abril é o Dia Nacional do Livro Infantil. O Dia Nacional do Livro Infantil é realizado nesta data para homenagear ao dia de nascimentode ninguém menos do que o escritor Monteiro Lobato.

 MONTEIRO LOBATO – UMA HOMENAGEM AO MESTRE


nova versão da boneca emilia do sitio do pica-pau amarelo    José Bento Renato Monteiro Lobato [Nasceu na cidade de Taubaté, 18 de abril de 1882 – Faleceu em São Paulo, 4 de julho de 1948], considerado um dos escritores brasileiros mais influentes do século XX. Criou diversas obras durante sua carreira, mas foi em 1920 que publicou sua primeira obra infantil “A Menina do Narizinho Arrebitado”, e que deu origem a Lúcia, que se popularizou como a “Narizinho” uma das personagens centrais da obra “Sítio do Pica-pau Amarelo”. O livro foi lançado em dezembro de 1920 aproveitando o ensejo da época de Natal. A capa e os desenhos eram de Lemmo Lemmi, um famoso ilustrador da época.

UM GÊNIO DA LITERATURA QUE AMAVA A MATEMÁTICA.

Monteiro Lobato realmente foi um gênio na escrita, além do mais, uma das características marcantes da sua personalidade, e que chama muito a minha atenção, é o uso da matemática nas obras do autor. Com certeza Lobato era um apaixonado pela história, geografia e pela matemática, e apesar de não ser formado na área, ele conseguia transmitir a essência mágica dos números. Uma das obras geniais do autor que trata do tema, é a “Aritmética da Emília”.

ARITMÉTICA DA EMÍLIA

Aritmética da Emília é um livro infantil escrito por Monteiro Lobato e publicado em 1935. A obra foi Reeditada em 1947 com ilustrações do artista haitiano André Le Blanc, ganha agora sua edição comentada, pois apesar da matemática continuar a mesma, o método ensinado nas escolas sofreu mudanças. A nova edição da Aritmética da Emília foi ilustrada por Osnei e Hector Gómez e está de acordo com a nova ortografia da Língua Portuguesa.

Na história, Monteiro Lobato consegue transformar uma matéria tão árida como a Aritmética em uma linda brincadeira no pomar, onde o quadro-negro em que faziam contas era o couro do Quindim.

Neste livro, as crianças aprendem sobre números decimais, frações, como transformar frações em números decimais, soma, subtração, multiplicação de números decimais, frações e números mistos e comuns. Aprendem também sobre o mínimo múltiplo comum, números romanos, quantidades, dinheiros antigos e de outros países, de onde vieram os números 1, 2, 3..., números complexos como raiz quadrada, entre outros.

É um livro indicado para todas as idades, além de ser uma fonte de informação divertida e prazerosa. Nesta obra Monteiro Lobato transformou a matemática numa divertida brincadeira onde qualquer um, criança ou adulto, terá prazer em aprender.

          CAPA DA ÚLTIMA EDIÇÃO -2009

Versão do livro aritmetica da boneca emilia - sitio do pica pau amarelo
Abaixo, uma prévia do 1º capítulo do livro “Aritmética da Emília”.

Aquele célebre passeio dos netos de Dona Benta ao País da Gramática havia deixado o Visconde de Sabugosa pensativo. É que todos já tinham inventado viagens, menos ele. Ora, ele era um sábio famoso e, portanto, estava na obrigação de também inventar uma viagem e das mais científicas. Em vista disso pensou uma semana inteira, e por fim bateu na testa, exclamando numa risada verde de sabugo embolorado:...”

Existem várias edições desta obra, e consequentemente as capas eram diferentes. Veja abaixo as [supostas] capas das edições de 1935 e 1947.

CAPA DA OBRA DE 1935
capa do livro (obra) de monteiro lobato - emilia aritmética -1935
Companhia Editora Nacional, 1935, 1ª edição. Ilustrações de Belmonte.

        SUPOSTA CAPA DA OBRA REEDITADA EM 1947

livro artmética da emília de 1947 - capa dura
          Editora Brasiliense. Aritmética da Emília Edição: 1947


Se você tiver estes livros, ajude a confirmar se realmente estas capas pertencem às obras de 1935 e 1947.

Quer saber mais sobre o sítio do pica-pau amarelo, visite o Blog do Sítio do pica-pau amarelo.


Para finalizar deixo para vocês uma frase do próprio Monteiro Lobato.

 “um país se faz com homens e livros...”.

Monteiro Lobato, 18 de abril de 1882 – 4 de julho de 1948.


REFERÊNCIAS:


Nenhum comentário:

Postar um comentário